Danspace Project

Performed in-progress as part of Danspace Project’s Platform 2015: Dancers, Buildings and People in the Streets, Incarnations is made up of a series of etudes on dancing with science. Baseado na colaboração de Emily Coates com a física de partículas Sarah Demers, a peça se move entre a palestra e o desempenho, entrelaçando fontes divergentes, desde Apollo de Balanchine e estética de dança pós-moderna até o corpo elusivo de Sir Isaac Newton e a descoberta do bosão de Higgs.

a peça ilumina lacunas humorísticas e insights surpreendentes à medida que cada disciplina luta para imaginar o outro. Os momentos em que o diálogo interdisciplinar deve, por necessidade, quebrar também rendem alguns dos mais eficazes poéticos. Brincalhão e sério, as encarnações celebram a física e a dança como parceiros iguais no nosso profundo esforço para compreender a nossa existência. Os físicos podem explicar quatro por cento do universo. Noventa e seis por cento permanece desconhecido. As encarnações permanecem tanto no conhecido quanto no incognoscível, e retornam o conhecimento à forma humana—lançando, em essência, quem consegue interpretar Deus.

o desempenho na quinta-feira, 16 de Março será seguido por uma discussão moderada por Douglas Crimp.

Artistas: Emily Coates, Sarah Demers, Lacina Coulibaly, Iréne Hultman, Jon Kinzel, Vai Orzo; participação especial de Yvonne Rainer
Iluminação por: Carol Mullins
Música direção: Vai Orzo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.